Mestre Espedito Seleiro

Referência do artesanato em couro no Brasil, Espedito Seleiro é um Mestre da Cultura apreciado nacional e internacionalmente por seu trabalho inconfundível. Herdeiro de três gerações de seleiros do Ceará, aprendeu com o pai o ofício de transformar manualmente o couro em objetos e peças tradicionais da vestimenta de vaqueiros, tropeiros, cangaceiros e ciganos – selas, gibões, chapéus, elaborados com fino acabamento e ornadas com estética de rica iconografia colonial, onde gravitam sol, estrelas e arabescos, inspirada no cangaço, nos costumes do sertão e no oriente. Entre elas um ícone é marca pessoal do mestre – o coração. Com a redução dos vaqueiros no Nordeste, Espedito reinventou a produção em couro, introduzindo colorido vibrante associado às matizes do sertão, design contemporâneo nas peças sem perder a tradição. A  atual produção inclui acessórios, sapatos, sandálias, bolsas, mochilas e

mobiliário que já lhe renderam parcerias com grandes marcas da moda e do design, como Cavalera, Farm, Cantão e Irmãos Campana. Sem sair de Nova Olinda no sertão do Cariri (CE) mantém casa, oficina e Museu do Ciclo do Couro dedicado à trajetória do mestre. Lugar onde a produção prolifera e garante a permanência do ofício para sua geração, tendo nos filhos Welingtom e Maninho a continuação do trabalho. Hoje seus produtos tem a marca Espedito Seleiro Oficial, mantendo qualidade artesanal e a tradição junto a um trabalho de matriz regional que resvala brasilidade.

Luciana Eloy   CURADORA

Mestre Espedito Seleiro

Referência do artesanato em couro no Brasil, Espedito Seleiro é um Mestre da Cultura apreciado nacional e internacionalmente por seu trabalho inconfundível. Herdeiro de três gerações de seleiros do Ceará, aprendeu com o pai o ofício de transformar manualmente o couro em objetos e peças tradicionais da vestimenta de vaqueiros, tropeiros, cangaceiros e ciganos – selas, gibões, chapéus, elaborados com fino acabamento e ornadas com estética de rica iconografia colonial, onde gravitam sol, estrelas e arabescos, inspirada no cangaço, nos costumes do sertão e no oriente. Entre elas um ícone é marca pessoal do mestre – o coração. Com a redução dos vaqueiros no Nordeste, Espedito reinventou a produção em couro, introduzindo colorido vibrante associado às matizes do sertão, design contemporâneo nas peças sem perder a tradição. A  atual produção inclui acessórios, sapatos, sandálias, bolsas, mochilas e

mobiliário que já lhe renderam parcerias com grandes marcas da moda e do design, como Cavalera, Farm, Cantão e Irmãos Campana. Sem sair de Nova Olinda no sertão do Cariri (CE) mantém casa, oficina e Museu do Ciclo do Couro dedicado à trajetória do mestre. Lugar onde a produção prolifera e garante a permanência do ofício para sua geração, tendo nos filhos Welingtom e Maninho a continuação do trabalho. Hoje seus produtos tem a marca Espedito Seleiro Oficial, mantendo qualidade artesanal e a tradição junto a um trabalho de matriz regional que resvala brasilidade.

Luciana Eloy   CURADORA

Bolsas

Inspiradas nas bolsas de couro de uso na vida no sertão, desde a colonização aos ciclos do couro e do cangaço – as Bolsas Espedito Seleiro tem estilo e modelagem atualizadas, porém mantendo marcas tradicionais. Feitas em couro curtido de caprino ou bovino, com costuras internas e pontilhadas, forradas, com ênfase na cor e decoração com arabescos. Todas manualmente produzidas, com fechamentos de fivelas e alças, incluindo carteiras, modelos de mão e mochilas.

R$ 466,23

Peso: 0,64 kg Dimensões (C x L x A): 34 x 9 x 52 cm

Inspiradas nas bolsas de couro de uso na vida no sertão, desde a colonização aos ciclos do couro e do cangaço – as Bolsas Espedito Seleiro tem estilo e modelagem atualizadas, porém mantendo marcas tradicionais. Feitas em couro curtido de caprino ou bovino, com costuras internas e pontilhadas, forradas, com ênfase na cor e decoração com arabescos. Todas manualmente produzidas, com fechamentos de fivelas e alças, incluindo carteiras, modelos de mão e mochilas.

R$ 466,23

Peso: 0,64 kg Dimensões (C x L x A): 34 x 9 x 52 cm

Inspiradas nas bolsas de couro de uso na vida no sertão, desde a colonização aos ciclos do couro e do cangaço – as Bolsas Espedito Seleiro tem estilo e modelagem atualizadas, porém mantendo marcas tradicionais. Feitas em couro curtido de caprino ou bovino, com costuras internas e pontilhadas, forradas, com ênfase na cor e decoração com arabescos. Todas manualmente produzidas, com fechamentos de fivelas e alças, incluindo carteiras, modelos de mão e mochilas.

R$ 466,23

Peso: 0,64 kg Dimensões (C x L x A): 34 x 9 x 52 cm

Inspiradas nas bolsas de couro de uso na vida no sertão, desde a colonização aos ciclos do couro e do cangaço – as Bolsas Espedito Seleiro tem estilo e modelagem atualizadas, porém mantendo marcas tradicionais. Feitas em couro curtido de caprino ou bovino, com costuras internas e pontilhadas, forradas, com ênfase na cor e decoração com arabescos. Todas manualmente produzidas, com fechamentos de fivelas e alças, incluindo carteiras, modelos de mão e mochilas.

R$ 466,23

Peso: 0,64 kg Dimensões (C x L x A): 34 x 9 x 52 cm

Inspiradas nas bolsas de couro de uso na vida no sertão, desde a colonização aos ciclos do couro e do cangaço – as Bolsas Espedito Seleiro tem estilo e modelagem atualizadas, porém mantendo marcas tradicionais. Feitas em couro curtido de caprino ou bovino, com costuras internas e pontilhadas, forradas, com ênfase na cor e decoração com arabescos. Todas manualmente produzidas, com fechamentos de fivelas e alças, incluindo carteiras, modelos de mão e mochilas.

R$ 466,23

Peso: 0,64 kg Dimensões (C x L x A): 34 x 9 x 52 cm

Inspiradas nas bolsas de couro de uso na vida no sertão, desde a colonização aos ciclos do couro e do cangaço – as Bolsas Espedito Seleiro tem estilo e modelagem atualizadas, porém mantendo marcas tradicionais. Feitas em couro curtido de caprino ou bovino, com costuras internas e pontilhadas, forradas, com ênfase na cor e decoração com arabescos. Todas manualmente produzidas, com fechamentos de fivelas e alças, incluindo carteiras, modelos de mão e mochilas.

R$ 467,40

Peso: 0,71 kgDimensões (C x L x A): 44 x 10 x 45 cm

Inspiradas nas bolsas de couro de uso na vida no sertão, desde a colonização aos ciclos do couro e do cangaço – as Bolsas Espedito Seleiro tem estilo e modelagem atualizadas, porém mantendo marcas tradicionais. Feitas em couro curtido de caprino ou bovino, com costuras internas e pontilhadas, forradas, com ênfase na cor e decoração com arabescos. Todas manualmente produzidas, com fechamentos de fivelas e alças, incluindo carteiras, modelos de mão e mochilas.

Calçados

Os calçados Espedito Seleiro são todos feitos artesanalmente em couro. Tem origem nos modelos introduzidos pelos portugueses ou no cangaço para atender a vida no campo. Agora com estética mais leve e modelagem atualizada ganharam cores vivas sem perder referencias originais. Botas, sapatos de cadarço ou fivela, sapatilhas e chinelos fazem parte dessa coleção – tendo as sandálias masculinas e femininas inspiradas em Lampião e Maria Bonita como as vedetes da coleção.

R$ 112,46

Peso: 0,32 kg Dimensões (C x L x A): 27 x 20 x 10 cm

Os calçados Espedito Seleiro são todos feitos artesanalmente em couro. Tem origem nos modelos introduzidos pelos portugueses ou no cangaço para atender a vida no campo. Agora com estética mais leve e modelagem atualizada ganharam cores vivas sem perder referencias originais. Botas, sapatos de cadarço ou fivela, sapatilhas e chinelos fazem parte dessa coleção – tendo as sandálias masculinas e femininas inspiradas em Lampião e Maria Bonita como as vedetes da coleção.

R$ 146,43

Peso: 0,17 kg Dimensões (C x L x A): 27 x 6 x 8 cm

Os calçados Espedito Seleiro são todos feitos artesanalmente em couro. Tem origem nos modelos introduzidos pelos portugueses ou no cangaço para atender a vida no campo. Agora com estética mais leve e modelagem atualizada ganharam cores vivas sem perder referencias originais. Botas, sapatos de cadarço ou fivela, sapatilhas e chinelos fazem parte dessa coleção – tendo as sandálias masculinas e femininas inspiradas em Lampião e Maria Bonita como as vedetes da coleção.

R$ 112,46

Peso: 0,42 kg Dimensões (C x L x A): 27 x 16 x 8,5 cm

Os calçados Espedito Seleiro são todos feitos artesanalmente em couro. Tem origem nos modelos introduzidos pelos portugueses ou no cangaço para atender a vida no campo. Agora com estética mais leve e modelagem atualizada ganharam cores vivas sem perder referencias originais. Botas, sapatos de cadarço ou fivela, sapatilhas e chinelos fazem parte dessa coleção – tendo as sandálias masculinas e femininas inspiradas em Lampião e Maria Bonita como as vedetes da coleção.

R$ 112,46

Peso: 0,42 kg Dimensões (C x L x A): 27 x 16 x 9 cm

Os calçados Espedito Seleiro são todos feitos artesanalmente em couro. Tem origem nos modelos introduzidos pelos portugueses ou no cangaço para atender a vida no campo. Agora com estética mais leve e modelagem atualizada ganharam cores vivas sem perder referencias originais. Botas, sapatos de cadarço ou fivela, sapatilhas e chinelos fazem parte dessa coleção – tendo as sandálias masculinas e femininas inspiradas em Lampião e Maria Bonita como as vedetes da coleção.

R$ 140,57

Peso: 0,5 kg Dimensões (C x L x A): 27 x 16 x 8.5 cm

Os calçados Espedito Seleiro são todos feitos artesanalmente em couro. Tem origem nos modelos introduzidos pelos portugueses ou no cangaço para atender a vida no campo. Agora com estética mais leve e modelagem atualizada ganharam cores vivas sem perder referencias originais. Botas, sapatos de cadarço ou fivela, sapatilhas e chinelos fazem parte dessa coleção – tendo as sandálias masculinas e femininas inspiradas em Lampião e Maria Bonita como as vedetes da coleção.

R$ 112,46

Peso: 0,34 kg Dimensões (C x L x A): 27 x 20 x 10 cm

Os calçados Espedito Seleiro são todos feitos artesanalmente em couro. Tem origem nos modelos introduzidos pelos portugueses ou no cangaço para atender a vida no campo. Agora com estética mais leve e modelagem atualizada ganharam cores vivas sem perder referencias originais. Botas, sapatos de cadarço ou fivela, sapatilhas e chinelos fazem parte dessa coleção – tendo as sandálias masculinas e femininas inspiradas em Lampião e Maria Bonita como as vedetes da coleção.

Artefatos e Mobiliário

Peças de mobiliário e artefatos tem presença certa na diversificada produção de mestre Espedito. Cadeiras de espaldar alto, sofás de três lugares, mesas de centro e os populares banquinhos ao estilo dos tamboretes com assentos de couro de bode ganham exuberância com o revestimento de couro colorido de desenhos arabescados. Um mobiliário que tem referência nas moradias do interior e nas casas de fazenda, hoje levam graça e elegância para o interior da casa contemporânea brasileira.

R$ 1.077,71

Peso: 8 kg Dimensões (C x L x A): 39 x 39 x 100 cm

Peças de mobiliário e artefatos tem presença certa na diversificada produção de mestre Espedito. Cadeiras de espaldar alto, sofás de três lugares, mesas de centro e os populares banquinhos ao estilo dos tamboretes com assentos de couro de bode ganham exuberância com o revestimento de couro colorido de desenhos arabescados. Um mobiliário que tem referência nas moradias do interior e nas casas de fazenda, hoje levam graça e elegância para o interior da casa contemporânea brasileira.

R$ 726,29

Peso: 6 kg Dimensões (C x L x A): 45 x 40 x 46 cm

Peças de mobiliário e artefatos tem presença certa na diversificada produção de mestre Espedito. Cadeiras de espaldar alto, sofás de três lugares, mesas de centro e os populares banquinhos ao estilo dos tamboretes com assentos de couro de bode ganham exuberância com o revestimento de couro colorido de desenhos arabescados. Um mobiliário que tem referência nas moradias do interior e nas casas de fazenda, hoje levam graça e elegância para o interior da casa contemporânea brasileira.

R$ 562,29

Peso: 5 kg Dimensões (C x L x A): 30 x 30 x 45 cm 

Peças de mobiliário e artefatos tem presença certa na diversificada produção de mestre Espedito. Cadeiras de espaldar alto, sofás de três lugares, mesas de centro e os populares banquinhos ao estilo dos tamboretes com assentos de couro de bode ganham exuberância com o revestimento de couro colorido de desenhos arabescados. Um mobiliário que tem referência nas moradias do interior e nas casas de fazenda, hoje levam graça e elegância para o interior da casa contemporânea brasileira.

R$ 1.042,57

Peso: 5 kg Dimensões (C x L x A): 36 x 34 x 80 cm 

Peças de mobiliário e artefatos tem presença certa na diversificada produção de mestre Espedito. Cadeiras de espaldar alto, sofás de três lugares, mesas de centro e os populares banquinhos ao estilo dos tamboretes com assentos de couro de bode ganham exuberância com o revestimento de couro colorido de desenhos arabescados. Um mobiliário que tem referência nas moradias do interior e nas casas de fazenda, hoje levam graça e elegância para o interior da casa contemporânea brasileira.

R$ 679,43

Peso: 4 kg Dimensões (C x L x A): 24 x 24 x 43 cm

Peças de mobiliário e artefatos tem presença certa na diversificada produção de mestre Espedito. Cadeiras de espaldar alto, sofás de três lugares, mesas de centro e os populares banquinhos ao estilo dos tamboretes com assentos de couro de bode ganham exuberância com o revestimento de couro colorido de desenhos arabescados. Um mobiliário que tem referência nas moradias do interior e nas casas de fazenda, hoje levam graça e elegância para o interior da casa contemporânea brasileira.

R$ 1.077,71

Peso: 12 kg Dimensões (C x L x A): 80 x 86 x 46 cm

Peças de mobiliário e artefatos tem presença certa na diversificada produção de mestre Espedito. Cadeiras de espaldar alto, sofás de três lugares, mesas de centro e os populares banquinhos ao estilo dos tamboretes com assentos de couro de bode ganham exuberância com o revestimento de couro colorido de desenhos arabescados. Um mobiliário que tem referência nas moradias do interior e nas casas de fazenda, hoje levam graça e elegância para o interior da casa contemporânea brasileira.

Vestuário

O gibão e o colete – peças típicas da vestimenta do vaqueiro nordestino são icônicas e vivas na produção do mestre Espedito. Trazem o valor afetivo das relações, tendo o mestre sido escolhido por Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, para confeccionar seu celebre gibão e paramentos. Além do valor cultural, para seu Espedito o colete e o gibão tem status de peça maior por favorecerem uma decoração mais exuberante. Geralmente confeccionados sem gola, em duas cores, com ou sem bolso e fechados com tiras. A estética e a graça dessas peças inspiraram grandes parcerias na moda nacional com as marcas Cavalera, Farm e Cantão.

R$ 562,29

Peso: 0,5 kg Dimensões (C x L x A): 50 x 3 x 57 cm

O gibão e o colete – peças típicas da vestimenta do vagueiro nordestino são icônicas e vivas na produção do mestre Espedito. Trazem o valor afetivo das relações, tendo o mestre sido escolhido por Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, para confeccionar seu celebre gibão e paramentos. Além do valor cultural, para seu Espedito o colete e o gibão tem status de peça maior por favorecem uma decoração mais exuberante. Geralmente confeccionados sem gola, em duas cores, com ou sem bolso e fechados com tiras. A estética e a graça dessas peças inspiraram grandes parcerias na moda nacional com as marcas Cavaleira e Ronaldo Fraga, Farm e Cantão.

R$ 2.249,14

Peso: 2 kg Dimensões (C x L x A): 5 x 48 x 80 cm

O gibão e o colete – peças típicas da vestimenta do vagueiro nordestino são icônicas e vivas na produção do mestre Espedito. Trazem o valor afetivo das relações, tendo o mestre sido escolhido por Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, para confeccionar seu celebre gibão e paramentos. Além do valor cultural, para seu Espedito o colete e o gibão tem status de peça maior por favorecem uma decoração mais exuberante. Geralmente confeccionados sem gola, em duas cores, com ou sem bolso e fechados com tiras. A estética e a graça dessas peças inspiraram grandes parcerias na moda nacional com as marcas Cavaleira e Ronaldo Fraga, Farm e Cantão.

R$ 562,29

Peso: 0,5 kg Dimensões (C x L x A): 50 x 3 x 57 cm

O gibão e o colete – peças típicas da vestimenta do vagueiro nordestino são icônicas e vivas na produção do mestre Espedito. Trazem o valor afetivo das relações, tendo o mestre sido escolhido por Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, para confeccionar seu celebre gibão e paramentos. Além do valor cultural, para seu Espedito o colete e o gibão tem status de peça maior por favorecem uma decoração mais exuberante. Geralmente confeccionados sem gola, em duas cores, com ou sem bolso e fechados com tiras. A estética e a graça dessas peças inspiraram grandes parcerias na moda nacional com as marcas Cavaleira e Ronaldo Fraga, Farm e Cantão.

R$ 2.249,14

Peso: 2 kg Dimensões (C x L x A): 5 x 48 x 80 cm

O gibão e o colete – peças típicas da vestimenta do vagueiro nordestino são icônicas e vivas na produção do mestre Espedito. Trazem o valor afetivo das relações, tendo o mestre sido escolhido por Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, para confeccionar seu celebre gibão e paramentos. Além do valor cultural, para seu Espedito o colete e o gibão tem status de peça maior por favorecem uma decoração mais exuberante. Geralmente confeccionados sem gola, em duas cores, com ou sem bolso e fechados com tiras. A estética e a graça dessas peças inspiraram grandes parcerias na moda nacional com as marcas Cavaleira e Ronaldo Fraga, Farm e Cantão.

R$ 562,29

Peso: 0,5 kg Dimensões (C x L x A): 50 x 3 x 57 cm

O gibão e o colete – peças típicas da vestimenta do vagueiro nordestino são icônicas e vivas na produção do mestre Espedito. Trazem o valor afetivo das relações, tendo o mestre sido escolhido por Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, para confeccionar seu celebre gibão e paramentos. Além do valor cultural, para seu Espedito o colete e o gibão tem status de peça maior por favorecem uma decoração mais exuberante. Geralmente confeccionados sem gola, em duas cores, com ou sem bolso e fechados com tiras. A estética e a graça dessas peças inspiraram grandes parcerias na moda nacional com as marcas Cavaleira e Ronaldo Fraga, Farm e Cantão.

R$ 562,29

Peso: 0,5 kg Dimensões (C x L x A): 50 x 3 x 57 cm

O gibão e o colete – peças típicas da vestimenta do vagueiro nordestino são icônicas e vivas na produção do mestre Espedito. Trazem o valor afetivo das relações, tendo o mestre sido escolhido por Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, para confeccionar seu celebre gibão e paramentos. Além do valor cultural, para seu Espedito o colete e o gibão tem status de peça maior por favorecem uma decoração mais exuberante. Geralmente confeccionados sem gola, em duas cores, com ou sem bolso e fechados com tiras. A estética e a graça dessas peças inspiraram grandes parcerias na moda nacional com as marcas Cavaleira e Ronaldo Fraga, Farm e Cantão.

R$ 562,29

Peso: 0,5 kg Dimensões (C x L x A): 50 x 3 x 57 cm

O gibão e o colete – peças típicas da vestimenta do vagueiro nordestino são icônicas e vivas na produção do mestre Espedito. Trazem o valor afetivo das relações, tendo o mestre sido escolhido por Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, para confeccionar seu celebre gibão e paramentos. Além do valor cultural, para seu Espedito o colete e o gibão tem status de peça maior por favorecem uma decoração mais exuberante. Geralmente confeccionados sem gola, em duas cores, com ou sem bolso e fechados com tiras. A estética e a graça dessas peças inspiraram grandes parcerias na moda nacional com as marcas Cavaleira e Ronaldo Fraga, Farm e Cantão.

R$ 2.249,14

Peso: 2 kg Dimensões (C x L x A): 5 x 48 x 80 cm

O gibão e o colete – peças típicas da vestimenta do vagueiro nordestino são icônicas e vivas na produção do mestre Espedito. Trazem o valor afetivo das relações, tendo o mestre sido escolhido por Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, para confeccionar seu celebre gibão e paramentos. Além do valor cultural, para seu Espedito o colete e o gibão tem status de peça maior por favorecem uma decoração mais exuberante. Geralmente confeccionados sem gola, em duas cores, com ou sem bolso e fechados com tiras. A estética e a graça dessas peças inspiraram grandes parcerias na moda nacional com as marcas Cavaleira e Ronaldo Fraga, Farm e Cantão.

R$ 562,29

Peso: 0,5 kg Dimensões (C x L x A): 50 x 3 x 57 cm

O gibão e o colete – peças típicas da vestimenta do vagueiro nordestino são icônicas e vivas na produção do mestre Espedito. Trazem o valor afetivo das relações, tendo o mestre sido escolhido por Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, para confeccionar seu celebre gibão e paramentos. Além do valor cultural, para seu Espedito o colete e o gibão tem status de peça maior por favorecem uma decoração mais exuberante. Geralmente confeccionados sem gola, em duas cores, com ou sem bolso e fechados com tiras. A estética e a graça dessas peças inspiraram grandes parcerias na moda nacional com as marcas Cavaleira e Ronaldo Fraga, Farm e Cantão.

R$ 2.249,14

Peso: 2 kg Dimensões (C x L x A): 5 x 48 x 80 cm

O gibão e o colete – peças típicas da vestimenta do vagueiro nordestino são icônicas e vivas na produção do mestre Espedito. Trazem o valor afetivo das relações, tendo o mestre sido escolhido por Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, para confeccionar seu celebre gibão e paramentos. Além do valor cultural, para seu Espedito o colete e o gibão tem status de peça maior por favorecem uma decoração mais exuberante. Geralmente confeccionados sem gola, em duas cores, com ou sem bolso e fechados com tiras. A estética e a graça dessas peças inspiraram grandes parcerias na moda nacional com as marcas Cavaleira e Ronaldo Fraga, Farm e Cantão.

{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}