Maria de Lourdes Cândido

O que começou como brincadeira de criança agora eu vejo nesse meio de mundo!
Comenta admirada Maria de Lourdes Cândido ao ver imagens de seus trabalhos nas paredes do Museu Afro Brasil em São Paulo e relembra que tudo começou da necessidade de fazer brinquedos de barro para as filhas. Hoje, Mestra da Cultura Popular e a matriarca da família Cândido , um importante núcleo de figureiras de Juazeiro do Norte (CE). Figureiros é o nome popular dado aos artistas que modelam no barro figuras humanas, animais e cenários – tradição iniciada por Mestre Vitalino no Alto do Moura (PE). Uma arte de raiz popular que nas mãos de Maria de Lourdes ganhou formato inusitado e poético nomeado por ela como “temas” – narrativas prosaicas com temáticas variadas da vida na roça ou na cidade do interior.

Visualmente suas peças se  configuram em quadros feitos de barro para serem instalados na parede, onde figuras ganham colorido matuto em um cenário muito particular, como um pequeno mundo delas. Ali tudo acontece e vira encantamento! Desde um beijo de namorados sob Ipês florados, procissões de fé e romarias, festejos da cultura do Cariri ou simples atos da vida no sertão. Trabalho que ganhou reconhecimento em publicações e relevantes acervos da arte popular, como o Museu Casa do Pontal (RJ) e Museu Afro Brasil (SP). Trabalho hoje continuado pelas filhas de Maria de Lourdes Cândido que trabalham sobre os temas  da mãe e criam novos imprimindo  suas marcas pessoais. A manutenção da tradição e a renovação são marcas da arte da família Cândido, sempre mantendo a elaboração primorosa e detalhada ensinada pela mestra que deu inicio em Juazeiro do Norte a arte de modelar a vida e a cultura popular no barro.

Luciana Eloy   CURADORA

Folias da Cultura

Na arte popular as festas ganham visualidades alegres e coloridas de encantamento pelas folias, danças e ritmos da cultura. Assim acontece nas peças modeladas pela família Cândido que no barro modela temas coloridos e festivos dos brincantes de reisado, pastoris, maneiro-pau e bandas cabaçais. São traços da cultura que na arte do povo desenham um modo singular de ser Brasileiro – de quem “vive a festa” celebrando santos, o futebol, a tradição ou simplesmente a vida.

R$ 111,00

Peso: 1,8 kg Dimensões (C x L x A): 21,5 x 27,5 x 5,5 cm

Na arte popular as festas ganham visualidades alegres e coloridas de encantamento pelas folias, danças e ritmos da cultura. Assim acontece nas peças modeladas pela família Cândido que no barro modela temas coloridos e festivos dos brincantes de reisado, pastoris, maneiro-pau e bandas cabaçais. São traços da cultura que na arte do povo desenham um modo singular de ser Brasileiro – de quem “vive a festa” celebrando santos, o futebol, a tradição ou simplesmente a vida.

R$ 125,00

Peso: 3,1 kg Dimensões (C x L x A): 27 x 36,5 x 6,5 cm

Na arte popular as festas ganham visualidades alegres e coloridas de encantamento pelas folias, danças e ritmos da cultura. Assim acontece nas peças modeladas pela família Cândido que no barro modela temas coloridos e festivos dos brincantes de reisado, pastoris, maneiro-pau e bandas cabaçais. São traços da cultura que na arte do povo desenham um modo singular de ser Brasileiro – de quem “vive a festa” celebrando santos, o futebol, a tradição ou simplesmente a vida.

R$ 111,00

Peso: – kg Dimensões (C x L x A): x – x – cm

Na arte popular as festas ganham visualidades alegres e coloridas de encantamento pelas folias, danças e ritmos da cultura. Assim acontece nas peças modeladas pela família Cândido que no barro modela temas coloridos e festivos dos brincantes de reisado, pastoris, maneiro-pau e bandas cabaçais. São traços da cultura que na arte do povo desenham um modo singular de ser Brasileiro – de quem “vive a festa” celebrando santos, o futebol, a tradição ou simplesmente a vida.

R$ 111,00

Peso: 2,2 kg Dimensões (C x L x A): 28,5 x 23 x 7 cm

Na arte popular as festas ganham visualidades alegres e coloridas de encantamento pelas folias, danças e ritmos da cultura. Assim acontece nas peças modeladas pela família Cândido que no barro modela temas coloridos e festivos dos brincantes de reisado, pastoris, maneiro-pau e bandas cabaçais. São traços da cultura que na arte do povo desenham um modo singular de ser Brasileiro – de quem “vive a festa” celebrando santos, o futebol, a tradição ou simplesmente a vida.

Vida na Roça

Como uma arte viva a arte popular tem uma profunda relação com a realidade e é nesse contato com a vida que vão se desenhando temas afetuosos e tocantes sobre essas realidades. Nessas cenas moldadas no barro, simples atos como bater feijão no terreiro, jogar milho às galinhas ou uma caminhada de retirantes se tornam narrativas visuais revigorantes desse grande Brasil popular.

R$ 111,00

Peso: 2,5 kg Dimensões (C x L x A): 28 x 22,5 x 6,5 cm

Como uma arte viva a arte popular tem uma profunda relação com a realidade e é nesse contato com a vida que vão se desenhando temas afetuosos e tocantes sobre essas realidades. Nessas cenas moldadas no barro, simples atos como bater feijão no terreiro, jogar milho às galinhas ou uma caminhada de retirantes se tornam narrativas visuais revigorantes desse grande Brasil popular.

R$ 111,00

Peso: 1,95 kg Dimensões (C x L x A): 23 x 27 x 4,5 cm

Como uma arte viva a arte popular tem uma profunda relação com a realidade e é nesse contato com a vida que vão se desenhando temas afetuosos e tocantes sobre essas realidades. Nessas cenas moldadas no barro, simples atos como bater feijão no terreiro, jogar milho às galinhas ou uma caminhada de retirantes se tornam narrativas visuais revigorantes desse grande Brasil popular.

R$ 111,00

Peso: – kg Dimensões (C x L x A): – x – x – cm

Como uma arte viva a arte popular tem uma profunda relação com a realidade e é nesse contato com a vida que vão se desenhando temas afetuosos e tocantes sobre essas realidades. Nessas cenas moldadas no barro, simples atos como bater feijão no terreiro, jogar milho às galinhas ou uma caminhada de retirantes se tornam narrativas visuais revigorantes desse grande Brasil popular.

R$ 111,00

Peso: 2,5 kg Dimensões (C x L x A): 28 x 22,5 x 6,5 cm

Como uma arte viva a arte popular tem uma profunda relação com a realidade e é nesse contato com a vida que vão se desenhando temas afetuosos e tocantes sobre essas realidades. Nessas cenas moldadas no barro, simples atos como bater feijão no terreiro, jogar milho às galinhas ou uma caminhada de retirantes se tornam narrativas visuais revigorantes desse grande Brasil popular.

R$ 111,00

Peso: 1,95 kg Dimensões (C x L x A): 23 x 27 x 4,5 cm

Como uma arte viva a arte popular tem uma profunda relação com a realidade e é nesse contato com a vida que vão se desenhando temas afetuosos e tocantes sobre essas realidades. Nessas cenas moldadas no barro, simples atos como bater feijão no terreiro, jogar milho às galinhas ou uma caminhada de retirantes se tornam narrativas visuais revigorantes desse grande Brasil popular.

R$ 111,00

Peso: – kg Dimensões (C x L x A): – x – x – cm

Como uma arte viva a arte popular tem uma profunda relação com a realidade e é nesse contato com a vida que vão se desenhando temas afetuosos e tocantes sobre essas realidades. Nessas cenas moldadas no barro, simples atos como bater feijão no terreiro, jogar milho às galinhas ou uma caminhada de retirantes se tornam narrativas visuais revigorantes desse grande Brasil popular.

Festejos

“Festejos” é um tema que sempre encanta representando o jeito do povo de comemorar a vida. O tom de aconchego que envolve os arrasta-pés é entoado pelo ritmo das bandinhas no casamento de quadrilha, nas quermesses na praça ou em um simples forró no terreiro de casa. Tudo ganha cor, bandeirinhas e céu estrelado, são cenários cintilantes que tornam personagens como o padre, os noivos, tocadores e o fotógrafo lambe-lambe em figuras cheias de magia e movimento.

R$ 111,00

Peso: 1,8 kg Dimensões (C x L x A): 22 x 27,5 x 4,5 cm

Na arte popular as festas ganham visualidades alegres e coloridas de encantamento pelas folias, danças e ritmos da cultura. Assim acontece nas peças modeladas pela família Cândido que no barro modela temas coloridos e festivos dos brincantes de reisado, pastoris, maneiro-pau e bandas cabaçais. São traços da cultura que na arte do povo desenham um modo singular de ser Brasileiro – de quem “vive a festa” celebrando santos, o futebol, a tradição ou simplesmente a vida.

R$ 125,00

Peso: – kg Dimensões (C x L x A): – x – x – cm

Na arte popular as festas ganham visualidades alegres e coloridas de encantamento pelas folias, danças e ritmos da cultura. Assim acontece nas peças modeladas pela família Cândido que no barro modela temas coloridos e festivos dos brincantes de reisado, pastoris, maneiro-pau e bandas cabaçais. São traços da cultura que na arte do povo desenham um modo singular de ser Brasileiro – de quem “vive a festa” celebrando santos, o futebol, a tradição ou simplesmente a vida.

R$ 119,00

Peso: 2,2 kg Dimensões (C x L x A): 24,5 x 26 x 4,5 cm

“Vida em Festa” é um tema que sempre encanta representando o jeito do povo de comemorar a vida. O tom de aconchego que envolve os arrasta-pés é entoado pelo ritmo das bandinhas no casamento de quadrilha, nas quermesses na praça ou em um simples forró no terreiro de casa. Tudo ganha cor, bandeirinhas e céu estrelado, são cenários cintilantes que tornam personagens como o padre, os noivos, tocadores e o fotógrafo lambe-lambe em figuras cheias de magia e movimento.

R$ 111,00

Peso: 1,8 kg Dimensões (C x L x A): 22 x 27,5 x 4,5 cm

Na arte popular as festas ganham visualidades alegres e coloridas de encantamento pelas folias, danças e ritmos da cultura. Assim acontece nas peças modeladas pela família Cândido que no barro modela temas coloridos e festivos dos brincantes de reisado, pastoris, maneiro-pau e bandas cabaçais. São traços da cultura que na arte do povo desenham um modo singular de ser Brasileiro – de quem “vive a festa” celebrando santos, o futebol, a tradição ou simplesmente a vida.

R$ 125,00

Peso: – kg Dimensões (C x L x A): – x – x – cm

Na arte popular as festas ganham visualidades alegres e coloridas de encantamento pelas folias, danças e ritmos da cultura. Assim acontece nas peças modeladas pela família Cândido que no barro modela temas coloridos e festivos dos brincantes de reisado, pastoris, maneiro-pau e bandas cabaçais. São traços da cultura que na arte do povo desenham um modo singular de ser Brasileiro – de quem “vive a festa” celebrando santos, o futebol, a tradição ou simplesmente a vida.

R$ 119,00

Peso: 2,2 kg Dimensões (C x L x A): 24,5 x 26 x 4,5 cm

“Vida em Festa” é um tema que sempre encanta representando o jeito do povo de comemorar a vida. O tom de aconchego que envolve os arrasta-pés é entoado pelo ritmo das bandinhas no casamento de quadrilha, nas quermesses na praça ou em um simples forró no terreiro de casa. Tudo ganha cor, bandeirinhas e céu estrelado, são cenários cintilantes que tornam personagens como o padre, os noivos, tocadores e o fotógrafo lambe-lambe em figuras cheias de magia e movimento.

Enamorados

Na arte de moldar a vida sobre o barro, Maria de Lourdes Cândido imprime uma marca pessoal quando retrata figuras enamoradas. Os casais que surgem pelas mãos dela ou das outras Marias da família Cândido ganham uma interpretação poeticamente especial em temas que mais parecem crônicas ou romance. Envolvidos de delicadeza e cenários fantásticos os casais transbordam ternura e afeto sobre ipês florados, no meio de roseirais ou embaixo de guirlandas que emolduram um namoro na rede.

R$ 138,00

Peso: 2,1 kg Dimensões (C x L x A): 27,5 x 22,5 x 4 cm

Na arte de moldar a vida sobre o barro, Maria de Lurdes Cândido imprime uma marca pessoal quando retrata figuras enamoradas. Os casais que surgem pelas mãos dela ou das outras Marias da família Cândido ganham uma interpretação poeticamente especial em temas que mais parecem crônicas ou romance. Envolvidos de delicadeza e cenários fantásticos os casais transbordam ternura e afeto sobre ipês florados, no meio de roseirais ou embaixo de guirlandas que emolduram um namoro na rede.

R$ 37,78

Peso: 0,5 kg Dimensões (C x L x A): 16 x 16 x 6,5 cm

Na arte de moldar a vida sobre o barro, Maria de Lurdes Cândido imprime uma marca pessoal quando retrata figuras enamoradas. Os casais que surgem pelas mãos dela ou das outras Marias da família Cândido ganham uma interpretação poeticamente especial em temas que mais parecem crônicas ou romance. Envolvidos de delicadeza e cenários fantásticos os casais transbordam ternura e afeto sobre ipês florados, no meio de roseirais ou embaixo de guirlandas que emolduram um namoro na rede.

R$ 111,00

Peso: 1,8 kg Dimensões (C x L x A): 28 x 23 x 6,5 cm

Na arte de moldar a vida sobre o barro, Maria de Lurdes Cândido imprime uma marca pessoal quando retrata figuras enamoradas. Os casais que surgem pelas mãos dela ou das outras Marias da família Cândido ganham uma interpretação poeticamente especial em temas que mais parecem crônicas ou romance. Envolvidos de delicadeza e cenários fantásticos os casais transbordam ternura e afeto sobre ipês florados, no meio de roseirais ou embaixo de guirlandas que emolduram um namoro na rede.

R$ 138,00

Peso: 2,1 kg Dimensões (C x L x A): 27,5 x 22,5 x 4 cm

Na arte de moldar a vida sobre o barro, Maria de Lurdes Cândido imprime uma marca pessoal quando retrata figuras enamoradas. Os casais que surgem pelas mãos dela ou das outras Marias da família Cândido ganham uma interpretação poeticamente especial em temas que mais parecem crônicas ou romance. Envolvidos de delicadeza e cenários fantásticos os casais transbordam ternura e afeto sobre ipês florados, no meio de roseirais ou embaixo de guirlandas que emolduram um namoro na rede.

R$ 37,78

Peso: 0,5 kg Dimensões (C x L x A): 16 x 16 x 6,5 cm

Na arte de moldar a vida sobre o barro, Maria de Lurdes Cândido imprime uma marca pessoal quando retrata figuras enamoradas. Os casais que surgem pelas mãos dela ou das outras Marias da família Cândido ganham uma interpretação poeticamente especial em temas que mais parecem crônicas ou romance. Envolvidos de delicadeza e cenários fantásticos os casais transbordam ternura e afeto sobre ipês florados, no meio de roseirais ou embaixo de guirlandas que emolduram um namoro na rede.

R$ 111,00

Peso: 1,8 kg Dimensões (C x L x A): 28 x 23 x 6,5 cm

Na arte de moldar a vida sobre o barro, Maria de Lurdes Cândido imprime uma marca pessoal quando retrata figuras enamoradas. Os casais que surgem pelas mãos dela ou das outras Marias da família Cândido ganham uma interpretação poeticamente especial em temas que mais parecem crônicas ou romance. Envolvidos de delicadeza e cenários fantásticos os casais transbordam ternura e afeto sobre ipês florados, no meio de roseirais ou embaixo de guirlandas que emolduram um namoro na rede.

{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}